Neste meu espaço aberto, está exposto um livro incompleto......

29
Out 09

Quando

As lágrimas te molharem a face

Lembra-te de mim

Porque

Eu queria poder secar-tas

 

Quando

A tristeza te bater à porta

Lembra-te de mim

Porque

Eu queria fazer-te sorrir

 

Quando

A solidão te doer

Lembra-te de mim

Porque

Eu queria dar-te a mão

 

Quando

Um sonho de esperança te surgir

Lembra-te de mim

Porque

Eu queria fazer parte desse sonho

 

Quando

Porventura pensares que tudo é nada

Lembra-te de mim

Porque

Eu queria que sejas tudo

 

Quando

A noite invadir o teu dia

Lembra-te de mim

Porque

Eu queria poder ser o teu sol

 

Quando

Te assaltarem as dúvidas

Lembra-te de mim

Porque

Eu queria ser uma certeza

 

Porque

Quando eu não sei onde estou

Porque

Quando eu não sei quem sou

Porque

Quando eu não sei como sou

Porque

Quando eu não sei como vou

 

É para ti que eu voo

publicado por noitesemfim às 01:22

E nesse teu vôo rasante, que levas tu?
Saudades do presente? ilusões do futuro?
Ou a chave da felicidade que o sonho abriu,
e a força da tua paixão que o muro derrubou?

Os céus rasgam-se à passagem deste raio de luz,
seguem-te os bandos de passáros invejosos
numa romaria que a todos seduz,
e aí vais, qual andorinha sedenta de boas novas...

Será o Verão que chega?
Será o Verão que parte?
Leva para longe as saudades de quem está perto e não existe...
Diz ao ouvido, as coisas que sempre quiseste dizer e não conseguiste...
Ouve aquilo que sempre quis dizer e não fui capaz...
Relembra aquilo que sempre disse por palavras ou olhares

bjs
M.S.
Fernanda a 29 de Outubro de 2009 às 22:43

Não posso relembrar algo que nunca esqueço minha amiga e a amizade é uma dessas dádivas s inesqueciveis e sempre presentes.
Obrigado pelas tuas palavras.

Um beijo
João
noitesemfim a 4 de Novembro de 2009 às 20:00

João,

Está simplesmente lindo!
Quem não gostaria de ouvir a si dirigidas palavras tão doces?

Sê feliz meu amigo.

Beijo
Margarida
MIGUXA a 31 de Outubro de 2009 às 13:17

Sim minha amiga, é uma pergunta cuja resposta está presente em todos, mesmo que de forma silenciosa.

Um beijo

João
noitesemfim a 4 de Novembro de 2009 às 19:55

Tu querias ter certezas, meu amigo?

Mas não sabes onde estás,

não sabes quem és,

não sabes como vais

e ao chegar a esse ponto, voas para alguém que te acolhe e te dá Paz.

E no meio de tanta incerteza
Como podes ter certezas?

Posso ajudar?...

Maria luísa
M.Luísa Adães a 3 de Novembro de 2009 às 11:58


O verdadeiro amor está para lá da vida, e para lá do passado, onde podemos voltar a sentir tudo de novo.
É sempre mágico o teu sentir, e é como que uma brisa serena e morna que nos bate nos sentidos, e pacifica e suaviza a alma.

Luísa
Anónimo a 3 de Novembro de 2009 às 18:22

A magia toma conta do momento
Transformando solidão em luz
E é assim nesse encantamento
Que um grande amor me seduz

Um beijo

João
noitesemfim a 4 de Novembro de 2009 às 19:53

Olá meu amigo. realmente subindo degrau a degrau levamos connosco forças que nos pareciam perdidas e nos ajudam a subir e a seguir como as recordações. Muito obrigada pela visita. Um grande beijinho com amizade e carinho. Obrigada!
Sindarin a 4 de Novembro de 2009 às 15:33

Obrigado a ti, quer pelas visitas quer pelos textos e ensinamentos que muitos nos relembram.

Um beijo com amizde,

João
noitesemfim a 4 de Novembro de 2009 às 19:57

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

21
22
23

26
27
28
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
pesquisar
 

View My Stats