Neste meu espaço aberto, está exposto um livro incompleto......

17
Jan 10

Hoje, tal como ontem.........

 

 

Não, não me venham falar de razão
Eu assumo que sou um destino incerto
Alguém quer se quer longe e perto
Incoerente, vivendo apenas de emoção
 
Meus gestos e movimentos são paixão
Jamais se poderão medir meus sentimentos
Gélidos quase nunca, quase sempre intensos
Não, não me venham falar de razão
 
Não, não me venham falar de razão
Vivo sem prazo nem data marcada
Sinto-me tudo e tantas vezes nada
Tenho o rumo da minh’alma no coração
publicado por noitesemfim às 15:46

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim
blogs SAPO
pesquisar
 
subscrever feeds