Neste meu espaço aberto, está exposto um livro incompleto......

29
Set 09

Da janela escrevo sonhos 

São  telas do meu coração 

Para cobrir com mil cores

A dor oculta da solidão

 

Desenho a vida de alegria

Com sorrisos e sedução

Realidade e fantasia

Desejo, amor e paixão

 

São as sombras os meus traços

Que desenho em contornos

O que vive são os laços

Que me servem de adorno

 

Como que nuances de por do sol

A luz esbatida é que me dá cor

São teus olhos meu farol

E que me inspiram amor

 

Troca comigo, desenha tu

Pinta-me como pássaro fosse

Na tua tela coloca a nu

Meu coração em pose doce

 

E no teu traço delicado

Que recordo docemente

O que antes foi desenhado

Será amor para sempre

 

 

publicado por noitesemfim às 22:38

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
30


mais sobre mim
blogs SAPO
pesquisar
 
subscrever feeds