Neste meu espaço aberto, está exposto um livro incompleto......

15
Ago 09

A partir deste lugar

Onde tudo começa e no mar acaba

Regeneram-se os pensamentos

Fluem ideias e ideiais novos

Mas tudo, até mesmo o mar pára em ti

Como feiticeira endiabrada

Entraste de mansinho na minha vida

Tomaste conta do meu corpo

Que em ondas suaves ou alterosas

Quer agora sempre encostar no teu

Como se rocha ou branca areia fosse

O imaginário de ser feliz

Não tem mais porto que não seja

O teu seio conhecido do meu peito

O teu regaço ora ameno ora alteroso

Vogando ao sabor da paixão nossa

Que quando em uníssono

Sempre nos transporta como se um fosse

Até locais conhecidos mas novos

E depois na calma ofegante

Do desejo saciado nos fixamos

Entre as cumplicidades de olhares

Que sem palavras nem gestos

Se juram e prometem regressar

A um amor novo noutro mundo

 

publicado por noitesemfim às 22:35

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14

18
19
20
21

25
26
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
pesquisar
 
subscrever feeds

View My Stats