Neste meu espaço aberto, está exposto um livro incompleto......

10
Ago 09

 

Passam os dias, passa a vida 

Horas mortas a correr

Da longínqua morte vivida 

Agora é não lembrar, esquecer 

 

O tempo sara, assim me dizes

Palavras brandas, só palavras

Que nunca assim me visses

Eis de tudo o que desejava

 

Num só momento, absorvo

Meu mundo gira, se tranforma

Onde a mente alcança, vejo

Como foi tardia a hora

 

Liberta a mente, reina a calma

Em corpo que agora navega

Em mares onde só a alma

Alcança tudo quanto almeja

 

 

publicado por noitesemfim às 22:29

Olá anónimo (Luisa)
A saudade aumenta como aumenta o perfume das flores num jardim na medida em que as flores nele plantadas o exalam para exortar os sentidos.

João
noitesemfim a 16 de Agosto de 2009 às 12:33

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14

18
19
20
21

25
26
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
pesquisar
 

View My Stats