Neste meu espaço aberto, está exposto um livro incompleto......

06
Ago 09

Saga 

 

 

Se um dia voltar a ser

Como outros dias foram

Sentirás no teu corpo o desejo

E no ardor da paixão, elevar-te-às 

Olhos fechados ao mundo

Concentração de sentidos

E num voo rumo ao infinito

Num crescente subir, sublimar-te-às

E perante a imensidão de estrelas

Dirás palavras sem sentido aparente

Palavras vinda do âmago profundo

Ouvir-te-ei gritar ou mesmo murmurar

Amo-te

 

E eu meu amor

Estarei contigo nesse sentir

Afagar-te-ei delicosamente o rosto

Secarei lágrimas tuas

E o teu compasso será o meu

Acostarei sempre no teu porto

Ou serei mesmo esse

E quando ali chegares

Vinda de distantes galáxias

Ouvir-me-às dizer-te

Amo-te

  

publicado por noitesemfim às 12:00

Uma entrega de amor é uma das preciosidades do relacionamento a dois, sensualidade que voa nas asas dos anjos na cumplicidade das metades que se encontram.

Luísa
Anónimo a 6 de Agosto de 2009 às 17:19

Olá anónimo (Luisa) é muito inspirador o teu comentário ou será inspirado?
Se assim fôr, feliz de quem partilha esse voos nas asas dos anjos...
noitesemfim a 6 de Agosto de 2009 às 18:39

assim sao os sentimentos, sem palavras. o olhar, as sensaçoes dizem tudo. lindo!!!!
anap a 6 de Agosto de 2009 às 18:36

Obrigado por me teres visitado.
Fico feliz por gostares.

1 Bj
noitesemfim a 6 de Agosto de 2009 às 18:47

O amor é tudo aquilo de positivo que retiramos da vida. Ama o mais que poderes.
Luísa
Anónimo a 6 de Agosto de 2009 às 23:02

Se...

A memória apagasse de nossos corações o que vivemos, como saberíamos do que viver...

Noite de sonho sem fim

Bijo
Margarida
MIGUXA a 6 de Agosto de 2009 às 23:57

Noites sem sonhos, nem sempre serão noites de sonhos.


Um bj
noitesemfim a 7 de Agosto de 2009 às 10:58

Muito bom e sensível,
essa forma de se dar e de amar.

Bºs, Maria Luísa
M.Luísa Adães a 7 de Agosto de 2009 às 09:50

Obrigado pelas leituras, a dos textos e a da sensibilidade.

João
noitesemfim a 7 de Agosto de 2009 às 11:00

Lindo este teu texto! Carregado de sensibilidade!
Beiijnhos e bom fim de semana amigo
Caminhando... a 8 de Agosto de 2009 às 16:50

O passado foi lá atrás e assim foi a sensibilidade perdura e terá continuidade no futuro.

Beijo
noitesemfim a 8 de Agosto de 2009 às 19:56

No coração do poeta é sempre o Amor que pulsa.
É como uma febre que permanece, a razão mágica para falar mais alto...
Lindo, só não chega João e hoje é difícil dizer-te como gostei, vou levá-lo
ainda que sem te consultar.

Abraço com amizade
natália
rosafogo a 9 de Agosto de 2009 às 22:06

Natália és sempre bem vinda a este espaço onde vou escrevendo um livro, o meu livro.
Leva-me contigo sempre...

Um beijo com amizade

João
noitesemfim a 10 de Agosto de 2009 às 03:16

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14

18
19
20
21

25
26
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
pesquisar
 

View My Stats