Neste meu espaço aberto, está exposto um livro incompleto......

04
Ago 09

 

 

 

  PRIMEIRO ESTRANHA-SE

                     

                     DEPOIS ENTRANHA-SE

 

Quando algo muda em nós ou as circunstañcias da vida assim o exigem verfica-se a "máxima" acima referida.

Até no amor, seja ele de que tipo ou forma for, mesmo no amor de contornos menos convencionais, tem esta particularidade, entre muitas outras.

Seja como for que venha alguém sem "pecado" e que atire a primeira pedra.

       

 

publicado por noitesemfim às 19:05

Há "coisas" que não se esquecem, que se colam à nossa alma como se fosse na nossa pele e guardam-se no coração como se este fosse uma verdadeira caixa de tesouros...porque estas coisas da intimidade são pequenos grandes tesouros.

Luísa
Anónimo a 4 de Agosto de 2009 às 20:07

Tesouros cujo valor está para além do entendimento do comum dos mortais.

João
noitesemfim a 4 de Agosto de 2009 às 22:39

É certo João

Chega-se flutuando a uma ilha encantada, põe-se o pé direito à cautela
Depois cheiram-se os goivos que exalam todo o cheio que em nós se entranha,
é difícil não ficar prisioneiro desta saudade.

abraço
rosafogo
rosafogo a 5 de Agosto de 2009 às 14:36

Natália,
Perdurarão em tempos infindos, os cheiros das flores que um dia guiaram os sentidos de cada um de nós.

Um abraço

noitesemfim a 6 de Agosto de 2009 às 12:36

Acho que reagimos assim a qualquer mudança, primeiro estranha-se, mas depois aprendemos a viver com ela e até gostamos!
Beijinhos
MissAna a 5 de Agosto de 2009 às 14:50

Minha amiga é proprio do ser humano adaptar-se às mudanças.
Resumir-se-à tudo a uma questão do tempo que demora a cada um de nós a "reabrir-se" a novas sensações.

Um beijo
noitesemfim a 6 de Agosto de 2009 às 12:39

Quando o ideal não está por qualquer motivo ao nosso alcance,
tentamos colmatar a falta com algo semelhante ou não mas que nos faça, de algum modo, esquecer...

E então, primeiro estranha-se...depois...

Sê feliz, amigo
Beijo e xi-kor
Margarida
MIGUXA a 5 de Agosto de 2009 às 20:16

Margarida
O espaço interior permite aramazenar para sempre as memórias e recordações.
Embora estas estejam sempre presentes, o tempo cumprirá o seu desígnio irreversível.
Feliz? Sim, procuro ser e serei.

Um beijo

João
noitesemfim a 6 de Agosto de 2009 às 12:45

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14

18
19
20
21

25
26
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
pesquisar