Neste meu espaço aberto, está exposto um livro incompleto......

28
Jul 09

 

Esta noite quero embriagar-me na volúpia dos desejos.
No teu corpo fazer uma viagem alucinante.
Quero perder-me nos labirintos das coisas proibidas.
Quero beber no cálice do pecado.
E arder no fogo da paixão que me consome
Esta noite nada importa, nada.
Nesta noite tu só a mim pertences.
Na alma guardarei o teu sorriso desses instantes
E sempre que queira chorar, relembrarei em mim as tuas marcas.
Deixadas no auge do prazer.
O teu gosto o teu cheiro, jamais esquecerei.
Esta noite nos teus braços quero morrer.
Para não acordar amanhã e ter que te perder.
publicado por noitesemfim às 14:11
tags:

"Esta noite nos teus braços quero morrer.
Para não acordar amanhã e ter que te perder"

Divinal...É bom ler-te.

Noite serena
Xi-kor
Margarida
MIGUXA a 29 de Julho de 2009 às 00:53

Minha cara amiga agradeço o teu comentário.
Este "livro" que lês não tem prefácio nem índice, por isso, à sorte podes encontrar um ou outro capitúlo com maior ou menor interesse, mas todos fazem parte de mim quer sejam sonhos quer sejam realidades.

Beijo
noitesemfim a 29 de Julho de 2009 às 11:20

Entra... fecha a porta.... Aproxima-te sem dizer nada... Vem! Quero ver-te, preciso olhar-te olhos nos olhos e neles espelhar-me… mergulhar no profundo mar bravio que esconde o teu silêncio e conheço de memória… Olho-te com o mesmo olhar primeiro do tamanho da eternidade…Trazes contigo a brisa de um sorriso que afasta as nuvens negras da ausência...Vem! Entra… abraça-me e beija-me... as tuas carícias trazem-me serenidade e equilíbrio. Acostada no oásis do teu peito encontro-me.

Luísa
Anónimo a 29 de Julho de 2009 às 12:16

Um texto repleto de criatividade fabulosa. Ímpar. Lindo perante o inacreditável. Assemelha-se a algo muito belo. Inédito por conter a sua deliciosa forma de amar e sentir a vida, mesmo para os mistérios dos sonhos, mas profundo em que tudo pode suceder.
Sublime perante a beleza de pureza e encanto dos sentimentos.

Luísa
Anónimo a 29 de Julho de 2009 às 18:24

Quando fôr será assim, só assim valerá a pena. Sentir todos os instantes.
Sublime é o teu comentário.

Desejo que sejas uma visita assidua neste espaço
Obrigado

João
noitesemfim a 29 de Julho de 2009 às 20:02

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13

19
21
24
25

30


mais sobre mim
blogs SAPO
pesquisar