Neste meu espaço aberto, está exposto um livro incompleto......

05
Nov 09

 

Agora nesta casa vazia eu oiço o som dos teus passos
 
É noite, é noite cerrada em mim
Sem ti no vazio deste lugar que sou
Nesta escuridão que parece não ter fim
Eu oiço o som dos teus passos
Onde agora apenas o som do silêncio ecoa
Teus sorrisos e amuos sempre levaram cansaços
Elevavam-se as vozes e gargalhadas mesmo à toa
E queria poder sorrir de manhã
Ao ver o teu rosto
E ao ver-te escolher o que vais vestir
E sorrir ao dizer que estás fixe
E à tarde deixar tudo para te levar e trazer do parque
Agora no silêncio, sinto a saudade de te ouvir
No quarto a teclar e falar com os teus amigos
E queria deixar de falar-te alto
Quando te demoras a pentear e arranjar
E queria não me preocupar
Com o que fores quando cresceres
E ao deitar poder abraçar-te e fazer-te sentir quanto te amo
E deixar-te ficar acordado até que o sono te vença
E quero ser grato a Deus
Por me ter dado tesouros como tu
Meu filho pequeno
publicado por noitesemfim às 10:47
sinto-me:

Os filhos fazem-nos tanta falta...São pedaços de nós, que precisam do nosso ombro, do nosso amor, do nosso carinho. E nós, pais, precisamos de sentir que eles precisam de nós, independentemente da idade que tenham.
Fica bem...
Bjs
Fernanda
Fernanda a 5 de Novembro de 2009 às 12:04

Sem dúvida, tens razão.
Obrigado pela tua visita

Fica bem
João
noitesemfim a 5 de Novembro de 2009 às 23:50

Olá amigo! Simplesmente adorável e belo. Eles são tudo para nós...SEMPRE! Um grande beijinho.
Sindarin a 5 de Novembro de 2009 às 12:06

SEMPRE e para SEMPRE e é neste amor que é possível perpetuar o "até que a morte nos separe"

Com amizade, um beijo
noitesemfim a 5 de Novembro de 2009 às 23:54

O amor que nos liga a um filho é imensurável, preenche-nos em pleno...
Um filho é um pedaço de nós...Imagino a dor de um afastamento forçado...

Beijo carinhoso
Margarida
MIGUXA a 6 de Novembro de 2009 às 00:32

Obrigado pelas tuas palavras amigas, amiga.
Tenho este afastamento como temporário e logo logo os ruídos e resmungos e risos voltarão.

Um beijo

João
noitesemfim a 6 de Novembro de 2009 às 00:43

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
pesquisar
 

View My Stats