Neste meu espaço aberto, está exposto um livro incompleto......

17
Ago 09

 

Agora envolto na bruma cálida
Penso nos dias passados
Nos sonhos desperdiçados
Nos momentos e passos perdidos
Penso no desejo cerceado
Pela distância tão curta do silêncio
Na envolvente nuvem da tristeza
O ensombrar de olhos brilhantes outrora
Mas os preciosos tesouros são vida
Vida que transporto para sempre
Em lugar cativo do coração
 
E parti, parti cavalgando sonhos novos
Desejos e beijos e afectos
E projecto num mundo iluminado
A vida, uma vida renovada
De sentimentos e sensações
De actos e palavras ditas ou olhares
Em que cumplicidades, amizades e ausências
Não marquem nem cativem lugar
Apenas ocupem o espaço deixado
Pelo querer ser presente mesmo que ausente
E é em TI e em mim que reside
O dispersar desta cálida bruma
Que agora me envolve

 

publicado por noitesemfim às 12:59
tags:

Bonitas palavras... são especiais.
A esperança é sempre a mais bonita ilusão que se estende no nosso horizonte...

...Pudesse eu ir
Fosse eu aquela que esperas
Corria para te abraçar
Apenas para te ver sorrir...

Luísa
Anónimo a 17 de Agosto de 2009 às 13:38

Olá anónimo (Luisa)
São meus e profundos os devaneios, os pensamentos, como são meus os sonhos.
Estes comportam um mundo novo onde tem lugar quem merecer o meu coração e quem ali quiser residir.

Obrigado por me visitares.

João
noitesemfim a 17 de Agosto de 2009 às 16:03

Quando um amor nos toca deste modo, jamais morre dentro de nós, poderá talvez adormecer num cantinho do nosso coração, para nos acariciar de vez em quando com leves despertares...

A cada texto cresce em mim o prazer te ler...
Um doce dia, cheio de Sol

xi-kor
Margarida
MIGUXA a 17 de Agosto de 2009 às 14:08

Obrigado pelas tuas amáveis e doces palavras.
Realmente nem o ódio consegue ser tão permanente e duradouro como o amor.

1 Bj

João
noitesemfim a 17 de Agosto de 2009 às 16:04

Olá!
São lindas as palavras que escreveste para de alguma forma descrever o Amor que vive em ti, que habita incondicionalmente o teu coração...
Queria agradecer-te as palavras que deixaste no meu cantinho... OBRIGADO!

Beijinhos

sonhardenovo a 17 de Agosto de 2009 às 21:31

Amiga não há palavras que descrevam de forma completa esse sentimento denominado amor, mas tentamos sempre.
Quanto às palavras no teu cantinho são sentidas amiga.
Beijinhos
noitesemfim a 18 de Agosto de 2009 às 13:25

A distância causa saudade mais nunca o esquecimento.Já a saudade faz crescer o amor e dá-nos uma lição de vida, porque aprendemos que por mais que queiramos não podemos fugir do nosso destino nem do nosso amor e aprendemos também que o tempo cura tudo, todas as feridas e marcas. Ás vezes até apaga as cicatrizes e ensina-nos também que quando tem que ser não adianta fugir, porque sempre chega a nós da forma mais inesperada e apaixonante... A vida é maravilhosa e surpreendente... nunca te esqueças disso!
Beijinhos doces Amigo
Sheila a 18 de Agosto de 2009 às 03:09

Mais uma vez tenho que concordar contigo.
Que a vida é maravilhosa é uma certeza.

Um beijo
noitesemfim a 18 de Agosto de 2009 às 13:35

Sabes, meu amigo? O ódio vive com o amor...

Nem sempre acontece, mas por vezes acontece. Assim, eles não estão tão distantes, um do outro, como gostamos de sentir!
Abolir o ódio seria o essencial,
mas como?
Se ele, tal como o amor, se confundem
sem nos apercebermos.

Isto responde, a uma resposta que tu dás,
num comentário que te fizeram.

Desculpa, reparei, não poude deixar de responder!

Quanto ao teu poema é muito bom.
Concordo quando dizes:

"amizades e ausências
não marquem
nem cativem lugar
apenas ocupem o espaço deixado..."

E eu digo, permite dizer:

Mas nunca fiquem ligadas
ao nosso sentir,
aparecem e desaparecem
e deixam de importar!

Não nos liguemos a "Elas"

beijos,

Maria Luísa

M.Luísa Adães a 19 de Agosto de 2009 às 18:40

Maria Luisa, é no saber desligar o supéfulo do essencial que reside tantas vezes a diferença entre viver, sentir o que vale a pena, o que é importante o que foi erguido a pulso, daquilo que apenas é uma miragem.
Mas minha amiga esta capcidade nem sempre reside em nós a tempo inteiro e por vezes um momento de desatenção uma pequena luz que de enganadora ne o chega a ser, deita por terra sonhos que custaram sangue suor e lágrimas a erguer. Mas ior que isto é o orgulho.

Sim pior que tudo é o orgulho!

Esse sentimento deve ser repudiado,
esquecido, a não fazer parte , nunca
das nossas vidas.

Tenhamos forças para o banir
e ele não entre no nosso sentir.

E fique a beleza do teu poema!

Maria Luísa

O passado passou e não volta mais,
há que caminhar em frente e sonhar de novo.

Sentido este teu poema.

Beijinho cintilante***
♥ Flor Cintilante ♥ a 20 de Agosto de 2009 às 23:02

Cintilante essa tua maneira de olhar a vida.
Sim o passado ficou lá atrás, sonhemos então.

Umbeijo apenas brilhante.


João
noitesemfim a 22 de Agosto de 2009 às 00:57

Amigo..

O contrário de Amor não é ódio..é indiferença..

E Tu continuas apaixonado!! Lindo!!

Beijinhos
Just Moments a 21 de Agosto de 2009 às 01:48

A vida sempre me apaixonou se sem paixão não posso viver.

Um beijo
noitesemfim a 22 de Agosto de 2009 às 01:02

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14

18
19
20
21

25
26
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
pesquisar
 

View My Stats