Neste meu espaço aberto, está exposto um livro incompleto......

26
Jul 09

O tema em titúlo seduz-me sobremaneira, ao mesmo tempo que me intriga e provoca ainda outros sentimentos. 

A maioria das pessoas adopta esta "postura" como forma de preservar a identidade, é verdade, no entanto conseguem, por necessidades ocultas,  expôr a nu intimidades que obrigam o leitor a exercícios mentais profundos para construir uma imagem de quem escreve enormidades sobre si mesmo.

Não estando completamente isento, procuro nunca o fazer.

Se escrevo ou digo ou ligo é para que do outro lado saibam quem sou, o que faço aqui.

Há anónimos que o são por cavardia, porque dessa forma podem tomar atitudes e camuflar atitudes que no seu proprio íntimo descrevem como inconfessáveis e então utilizam a capa e a estes apenas a típica expressão de brasileiro posso dar " TE ENXERGA IRMÃO".

No entanto se abordamos os blogs ou outro tipo de comunicação de forma séria sem ter que esconder nem a pai nem a mãe deveremos fazê-lo abertamente, penso eu de que......

Nesta era de liberdade de expressão o falar sobre alguém tem que ser obrigatóriamente nobre mesmo que seja de nós próprios ou a começar por aì.

Essa nobreza passa de imediato por deixar que o "alguém" tenha nome e é isso que quase sempre comentamos quando nos meios de comunicação ouvimos um falar sobre outro e no final "nickles" não chegamos a saber quem é.

Das duas uma ou as pessoas gostam muito de se ouvir e ler ou então a atoarda é de enormidade tal que o melhor mesmo seria não se tocar no assunto.

Apesar deste ser um daqueles dias em que me apetece escrever fui provocado por um "desconhecido".    

 

publicado por noitesemfim às 17:30

Embora não pareça, na internet não há anónimos. Há rastos que se vão deixando por onde se passa e que, mais dia menos tarde, revelam a face que está por detrás do anonimato.
João a 26 de Julho de 2009 às 21:26

Essa é também uma óptima prespectiva deste modo de escrever. Acredito realmente que por detrás da máscara há sempre um rosto.

Obrigado pelos conselhos.

Saudações
noitesemfim a 26 de Julho de 2009 às 21:43

Amigo,
Como eu costumo dizer quem gosta gosta, quem não gosta porque se dá ao trabalho?

Beijinhos
Marta a 27 de Julho de 2009 às 00:23

É mesmo assim amiga, nada a opor. Como diz o povo "Que não gosta, põe na borda do prato"

Bj
noitesemfim a 27 de Julho de 2009 às 01:21

É pena que existam pessoas que para dizerem o que pensam tenham a falta de coragem de se identificarem. Será pelo receio de serem mal compreendidas? por temerem a reacção de quem comentam? ou por simplesmente não terem a capacidade de dizer alguma coisa que valha a pena?

Bjo e xi-kor
Margarida
MIGUXA a 27 de Julho de 2009 às 01:46

Bem amiga, das hipóteses que sugeriste há-de haver a quem lhe assente que nem uma luva.
Mas Margarida, também estas pessoas têm o direito de agir como agem, mais que não seja pelo direito à diferença.(lol)
E eu que escevi o texto por ter sido "desafiado" por um anónimo e por um desconhecido, não imaginava que daria uma pequena polémica.
Mas da discussão nasce a luz, como soi dizer-se, não é?

BJ
noitesemfim a 27 de Julho de 2009 às 02:22

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13

19
21
24
25

30


mais sobre mim
blogs SAPO
pesquisar
 

View My Stats